Significado de Scene, Nuke, DVDRip, BDRip, R5, R6, CAM, TS, TC, NFO, P2P e outros

468x60
Aprenda-os-Significados

BDRip, BRRip, DVDRip, HDTV, CAM, HC… Você quer baixar um filme, e se depara com uma lista enorme de formatos ao lado dos títulos. Dai você escolhe um, e quando vai rodar o vídeo tá uma porcaria, não dá pra ver e mal ouvir nada direito. Falta pedaço, tem gente passando na frente, rindo no fundo e você fica frustrado. Pensando nisso, nós e a comunidade da internet cataloga de forma bem explicada o que significa cada um destes formatos, pra você não passar trabalho na hora de baixar. Veja nesta lista as siglas mais comuns usadas e seus significados.

Antes de tudo, tenha em mente que Rip aqui não é R.I.P “descanse em paz”, mas a sigla de “Ripped” = “Ripado” (termo para este catálogo), ou seja, extraído de alguma fonte (você vai ver muito esse termo). A qualidade do arquivo resultante, obviamente, não poderá ser maior do que o da origem (no máximo poderão ser feitos alguns ajustes, e ser similar, nunca igual).

Todas as siglas abaixo estão relacionadas pela qualidade do vídeo. Também é bom lembrar que, quanto maior a qualidade, maior o tamanho do arquivo a ser baixado. (Dependendo do Encoder, infelizmente, nem sempre, há casos de CAM, ser maior que BRRip… Mas, isso é outra história).

CAM = CAMRip, CAM:

Sobre o formato: Comum; problemas de qualidade fazem deste um formato impopular.
Uma cópia feita em um cinema usando uma câmera ou celular (não muito profissionais). A fonte de áudio é o microfone da câmera. Gravações CAM podem rapidamente aparecer online após a primeira prévia ou pré-estréia. A qualidade varia de terrível, para muito bom (1 até 10 em notas de qualidade), dependendo do grupo de pessoas que exercem a gravação e a resolução da câmera utilizada. A principal desvantagem desta situação é a qualidade do som. O microfone não só grava o som do filme, mas também o som de fundo no cinema. Por exemplo, quando alguém se levanta na frente da tela, ou quando o público ri de um momento engraçado no filme.


Telesync = TS, telesync, PDVD

Sobre o formato: Muito comum.
É filme gravado em uma sala de cinema, às vezes filmado usando uma câmera profissional em um tripé na cabine de projeção. A principal diferença entre a CAM e TS é que o áudio de um TS é capturado com uma conexão direta com a fonte de som (muitas vezes um microbroadcast FM fornecido para os deficientes auditivos, ou de um cinema drive-in). Muitas vezes, uma CAM é erroneamente dado como um Telesync.


Workprint = WP, WORKPRINT

Sobre o formato: Muito raro.
Uma cópia é feita a partir de uma versão inacabada de um filme produzido pelo estúdio. Normalmente, um Workprint tem efeitos em falta e sobreposições (aquele famoso fundo verde), e muitas vezes difere de seu lançamento nos cinemas. Alguns Workprints ter um marcador de índice, tempo de execução em um canto ou na borda superior; alguns também podem incluir uma marca de água. O workprint pode ser uma versão sem cortes, e faltando algum material que iria aparecer no filme final (ou incluindo cenas depois cortado), por exemplo, pode conter algo, que no filme final não tem (cena deletada), não confundir com versão estendida.


Telecine = TC, TELECINE

Sobre o formato: Bastante rara; perdendo popularidade devido a lançamentos R5.
Uma cópia capturada, a partir de uma cópia do filme, usando uma máquina que transfere o filme a partir do seu carretel de formato analógico, para o digital. Estes eram raros porque as máquinas telecine para fazer essas impressões foram muito caras e muito grandes. No entanto, eles recentemente se tornaram muito mais comuns. Telecinema tem quase a mesma qualidade como de DVD (480p), uma vez que a técnica é a mesma como a digitalização da película real para DVD (RAW > DVD). No entanto, o resultado é inferior uma vez que o material de origem é geralmente um carretel de cópia de baixa qualidade. Máquinas Telecine geralmente causam um ligeiro tremor ‘esquerda/direita’ na imagem e têm níveis de cor inferiores em comparação com DVD.


Pay-Per-View Rip = PPV, PPVRip

Sobre o formato: Comum;
PPVRip vêm de Pay-Per-View Ripped. Todos os lançamentos PPVRip são filmes novos de marcas que ainda não foram liberadas para Screener ou DVD, mas estão disponíveis para visualização por parte dos clientes de alguns hotéis.


Screener = SCR, SCREENER, DVDSCR, DVDSCREENER, BDSCR

Sobre o formato: Muito comum.
Estes são os lançamentos feitos em DVD ou Blu-Ray, que nunca vão para vendas, e sim são destinados aos colaboradores do filme, como membros e executivos para fins de revisão. Geralmente, estes filmes tem uma legenda, no idioma de origem que diz: “The film you are watching is a promotional copy. If you purchased this film at a retail store, please contact 1-800-NO-COPIES to report it.” ou em tradução livre: “O filme que você está assistindo é uma cópia promocional. Se você adquiriu este filme em uma loja de varejo, por favor contacte 1-800-NO-cópias para relatá-lo.” Ou, mais comumente, se liberado para prêmios de consideração simplesmente, “para sua consideração.” Além disso, alguns estúdios de cinema liberaram seus screeners com um número de cenas de duração variável, mostradas em branco preto. Além disso screeners são normalmente de qualidade apenas ligeiramente menor do que a retalho DVDRip (480p máximo), devido ao menor investimento em masterização do DVD final para uma edição tão limitada.

Alguns SCRRip, são cortados para remover a mensagem de cortesia e são liberados erroneamente como DVDRip. Nota: Para fazer uma pequena excepção aqui, uma vez que o conteúdo pode ser diferente a partir de uma versão comercial, ele pode ser considerado como menor do que uma qualidade de DVDRip (mesmo que o visualizador em questão foi originado a partir de um DVD).


DDC = Cópia de distribuição digital ou Downloadable Content / Direct Digital

Sobre o formato: Comum.
Uma cópia de distribuição digital (DDC) é basicamente o mesmo que um Screener, mas que foi enviada digitalmente (No Screener você copia de uma mídia Física, do DDC, você copia da própria internet, da fonte original) para as empresas, em vez de através do sistema postal ou entregas. Isso faz com que a distribuição seja mais barata no custo final. A sua qualidade é menor do que um de R5, mas mais elevada do que um CAM ou TS.


R5 = R5, R5.LINE, R5.AC3.5.1.HQ

Sobre o formato: Muito comum.
Basicamente, R5 é um DVD vendido na Região 5, em lojas comuns por exemplo. Região 5 é composto pela Rússia, Índia, a maior parte da África, Coréia do Norte e Mongólia. Se o DVD não contém uma faixa de áudio em idioma Inglês, o vídeo R5 é sincronizado a uma faixa de áudio Inglês, lançada anteriormente. Isto significa que o som muitas vezes não é tão bom quanto DVDRip. Por levar em conta a qualidade de áudio menor tipicamente presentes do no R5, alguns grupos de liberação (release) removem o áudio original e sincronizam a parte restante, com o áudio desejado, que contém efeitos sonoros de alta qualidade e música com uma fonte previamente gravada de vocais, geralmente em Inglês tomadas a partir de um ‘LiNE, lançamento marcado.’ O resultado deste processo é um som Surround com qualidade de DVD quase de varejo comum, com faixa de áudio que está incluída no lançamento do filme. Lançamentos deste tipo são normalmente marcados como Audio AC3 5.1 HQ.

As outras regiões ‘R’ são:
R0 nenhuma região de Codificação
R1 Estados Unidos da América, Canadá
R2 Europa, incluindo a Turquia, Egito, Arábia Saudita, Japão, Israel, Malásia e África do Sul
R3 Coréia, Tailândia, Vietnã e Indonésia
R4 Austrália e Nova Zelândia, México, Caribe e América do Sul
R5 Índia, África (excepto o Egipto, África do Sul, Suazilândia e Lesoto), a Rússia e os Estados pós-soviéticos
R6 República Popular da China
R7 Reservado para uso futuro, MPAA relacionadas com DVDs e “cópias de mídia” de pré-lançamentos na Ásia
R8 Airlines / navios de cruzeiro
R9 Expansão (muitas vezes usado como região livre)


DVD-Rip = DVDRip

Sobre o formato: Muito comum.
A versão final de venda no varejo de um filme, normalmente lançado antes de estar disponível fora de sua região originária. O lançamento é em geral um arquivo AVI, usando o Codec XviD (anteriormente conhecido como DivX – Comercial) para vídeo e MP3 ou AC3 para o áudio. Por causa de sua boa qualidade, DVDRips geralmente substituem as cópias anteriores (CAM, TS, SCR, R5) que podem já ter circulado. Existem também Widescreen DVDs, que neste caso os termos usados são WS.DVDRip (mas são extremamente raros de serem vistos).


DVD-R = DVDR, DVD-Full, Full-Rip, ISO rip, Lossless rip, Untouched rip, DVD-5/DVD-9

Sobre o formato: Muito comum.
Simplesmente a mídia para download completa, contendo exatamente tudo que um DVD que você compraria original. No caso um DVD-9 suporta até 7,95GB e um DVD-5 até 4,37GB, então pode ocorrer que um DVD-9 tenha mais conteúdo que um DVD-5, e mais, pode acontecer de por causa do conteúdo extra do DVD-9, o DVD-5 ter redução de tamanho do vídeo, é algo bem raro, mas pode acontecer. Já nos casos de Untouched ou lossless Rip em sentido estrito são 1:1 diretos da fonte, sem nada removido ou alterado, embora muitas vezes a definição é iluminada para incluir DVDs que não tenham sido transcodificadas, e não há recursos que foram removidos a partir da perspectiva do usuário, removendo apenas as restrições e as possíveis perturbações, tais como avisos de direitos autorais e trailers de filmes.


HDTV, PDTV or DS Rip = DSR, DSRip, SATRip, DTHRip, DVBRip, HDTV, PDTV, TVRip, HDTVRip, HDRip

Sobre o formato: Extremamente comum.
TVRip vem de uma fonte de captura de uma placa de captura analógica (conexão coaxial / composite / S-Video). Rip digital por satélite (DSR, também chamado SATRip) é captada a partir de uma fonte digital definição não-padrão como satélite. HDTV, PDTV ou DTH (Direct To Home) muitas vezes vêm de transmissões Over-the-Air (pelo ar, em tradução livre). Com uma fonte de HDTV, a qualidade pode, por vezes, até mesmo superar DVD! Filmes neste formato estão começando a crescer em popularidade. Fontes analógicas, DSR, e PDTV são muitas vezes re-codificadas a 512×384 se Fullscreen (4:3), 720×404, se Widescreen (16:9). Fontes HDTV são re-codificadas para várias resoluções como 720×404 (360p), 960×528 (540p), e 1280×720 (720p) em vários tamanhos de arquivos finais. Eles podem ser progressive scan (varrimento progressivo) capturado ou não (480i transmissão digital).

HDRip é uma versão codificada de qualquer fonte HD, como BRRip, BDRip ou HDTV, em um tamanho menor. Embora a fonte original pode estar em uma resolução maior, grupos de release muitas vezes transcodificam os Rips para 720p.


VODRip = VODRip, VODR

Sobre o formato: Comum, cada vez mais comum.
VODRip significa Video-On-Demand Rip. Isto pode ser feito através da gravação ou captura de um vídeo/filme a partir de um serviço on-demand, como através de um serviço de televisão por cabo ou satélite. A maioria dos serviços irá indicar que fazer Rip ou captura de filmes é uma violação da sua política de uso, mas isso está se tornando cada vez mais popular, pois exige pouca tecnologia ou configuração para tal fim. Há vários serviços de On-Demand que não exigem uma ligação para TV e computador. Isso pode ser feito usando o software para identificar o endereço de origem de vídeo e baixá-lo como um arquivo de vídeo que muitas vezes é o método que leva o melhor resultado final de qualidade. No entanto, algumas pessoas têm basicamente feito CAMS da tela que querem gravar. O que, muitas pessoas fazem até neste caso, pode significar aí um CAM, com qualidade superior. Como HDCAM por exemplo.


WEB-DL = WEBDL (P2P), WEB DL (P2P), WEB-DL (P2P), WEB (Scene)

Sobre o formato: Muito comum.
Este é um filme ou programa de TV baixado através de um local de distribuição on-line, como por exemplo o iTunes. A qualidade é muito boa, uma vez que não são vídeos recodificados. Em geral o vídeo tem como Codecs H.264 para Vídeo e áudio AC3/AAC e são normalmente extraídos do iTunes ou AmazonVideo, em seguida, transferidos para um MKV sem sacrificar a qualidade. Uma vantagem com esses lançamentos é que a maioria deles não têm logotipos de rede na tela, assim como BD/DVDRip.


WEBRip = WEB-Rip, WEBRIP, WEB Rip

Sobre o formato: Extremamente comum e muito usado.
Este é um arquivo Rip de um serviço de streaming sem DRM (Digital Rights Management, gerenciamento de direitos digitais), como Hulu, Crunchyroll ou WWE Network. A qualidade é, por vezes, comparável ao WEB-DL, mas as taxas de bits são geralmente mais baixas para economizar no tamanho do arquivo. A qualidade também está envolvida. O arquivo é geralmente extraído de o protocolo RTMP (Real Time Messaging Protocol, é um protocolo desenvolvido pela Macromedia para streaming de áudio, vídeo e dados para internet totalmente voltada para o Flash player.) FLV, ou no mais comum um arquivo MKV.


WEBCap = WEB-Cap, WEBCAP, WEB Cap

Sobre o formato: Comum, WEB-DL/WEBRip é o preferido.
Este é um Rip criado por captura de vídeo a partir de um serviço de streaming habilitados para DRM, como instantâneo da Amazon ou Netflix. A qualidade pode variar de medíocre (comparável com um XviD) a excelente (comparável a um BluRay de altíssima qualidade). Essencialmente, a qualidade da imagem obtida depende da velocidade da conexão à Internet de quem grava, e as especificações do aparelho de gravação.


BD / BRRip = BDRip, BRRip, Blu-Ray / BluRay / BLURAY, BDR, BD5/BD9 (also known as BD25/BD50)

Sobre o formato: Muito comum, tornando-se ainda mais comum.
Semelhante ao DVDRip, apenas a fonte é um disco Blu-ray. A BD/BRRip em tamanho DVDRip muitas vezes parece melhor do que um Rip de mesmo tamanho de um DVDRip, porque os encoders ter um melhor material de origem. Um equívoco comum entre os Downloaders é que o BDRip e BRRip são a mesma coisa. Eles diferem em que um BDRip vem diretamente da fonte Blu-ray (Blu-Ray > BDRip), enquanto um BRRip é codificada a partir de um pré-lançamento, geralmente de um BDRip 1080p de outro grupo (Blu-Ray > BDRip > BRRip). BDRips estão disponíveis como os DVDRip, em diferentes versões e dimensões, (normalmente 700 MB e 1,4 GB) codificados em XviD ou X264 (H.264/H264).

BD/BRRips vêm em várias versões: o m-720p (ou mini 720p), que é uma versão compactada de um 720p e normalmente pesa cerca de 2-3 GB; a 720p, o que geralmente pesa cerca de 4-7 GB e é a forma mais baixado de BDRip; o m-1080p (ou mini-1080p), o que geralmente pesa um pouco mais de 720p; e o 1080p, o que pode pesar entre 8 GB de tamanho, a passar de tão grandes quanto 40-60 GB. Há também MHD (ou mini HD) versões disponíveis, que são codificados em resolução mais baixa e são menores em tamanho.



TERMOS E NOTAS ADICIONAIS

HC = Hard Coded: O acrônimo HC em alguns lançamentos refere-se a legendas codificadas, que geralmente, só saem cortando-se o vídeo. São geralmente vídeos que tem uma legenda em idioma não nacional, por exemplo, um filme com legendas embutidas que não podem ser removidas chinês, daí corta-se a parte das legendas, diminuindo e muito a resolução do vídeo final.

torrentads

cliqueparafazerodownload
  • Thiago

    BRRip, como assim exite filme vendido em HD (unidade de armazenamento, disco rigido) ?

    • Vinnie Bressan

      Esse HD não é de Hard Disk (Disco Rígido), mas de High Definition (Alta Definição).

  • Leonardo

    esclarecedor, obrigado!

By WordPress