Conheça o Protocolo 43 – Web Série Catarinense Zumbi de Suspense/Drama

468x60

Protocolo 43 irá mostrar as reais adversidades de um apocalipse zumbi enfrentadas por brasileiros comuns, assim como você.

Já imaginou o que aconteceria, se amanhã você acordasse e as coisas estivessem diferentes?

Nosso diferencial será a originalidade da ORIGEM do apocalipse. A atual situação econômica e social do Brasil, relação com pesquisa científica, escassez de recursos naturais e cenário político atual. O que estes pontos tem a ver com a contaminação de uma vasta região em território nacional?

APRESENTAÇÃO OFICIAL:

Outro ponto inédito será o modo de sobrevivência do grupo de brasileiros, bem como a região em que se passará a trama. Misteriosa por natureza, com o tempo bem inconstante, neblina, chuva, neve. Você conhece a Serra Catarinense?

Não somos produtora, Protocolo 43 é uma produção independente e por isso precisamos da SUA ajuda para viabilizar este projeto.

Sinta o clima assistindo a este Teaser:



Uma situação sem precedentes na história mundial acontece, o que o sul de Santa Catarina tem a ver com isso? Por que pessoas que foram expostas a um vírus, até então desconhecido, têm um súbito interesse em carne? Por que isto é mais forte que seus instintos?

Se zumbis fossem pessoas mortas, não se movimentariam. Existe algo além do “clichê” que a palavra zumbi pode representar para algumas pessoas. Existe razão para tudo.

Protocolo 43


Recompensa R$95,00

Camiseta + DVDs + Poster + Adesivo do Seriado


Somos de Orleans/SC, conterrâneos do ator Rodrigo Hilbert. Durante uma visita à sua família, ele gravou este vídeo apoiando nosso projeto:

Já temos 30% das cenas da primeira temporada gravadas e com o sucesso desta campanha aqui no Catarse, iremos nos equipar ainda mais, finalizar as gravações e lançar os 13 episódios em 2016, de 15 em 15 dias, sem interrupções, aos domingos.

Assista aos nossos vídeos >>

Em outubro de 2012, topamos este desafio e iniciamos novas atividades: escrever roteiros, planejar, filmar, divulgar, etc. Todos nós trabalhamos em outras coisas, levamos o Protocolo 43 como um “Hobby”. Os patrocínios locais nos trouxeram até este estágio, muito obrigado a quem já nos ajudou. Produzir 13 episódios que envolvem zumbis, maquiagem, efeitos não é fácil estamos fazendo, nas horas vagas e fim de semana. Está ficando legal 🙂

Já lançamos nosso site oficial e nossa fan-page no facebook, que tal dar uma olhada?


As cidades de Orleans, Urubici, Grão Pará, Urussanga, Lauro Müller, Bom Jardim da Serra são palco desta trama. Tais cidades são privilegiadas por contar com várias paisagens de beleza cênica.


Após a terceira semana do evento apocalíptico, inicia-se a história no Brasil, na serra catarinense, onde os sobreviventes, sem pouco saber o que está acontecendo, decidem sair dos grandes centros pra buscar proteção em locais isolados nas zonas rurais.

No decorrer da série, vão se apresentando as dificuldades em viver em uma região desconhecida, em uma casa abandonada no interior de Bom Jardim da Serra e com todas as adversidades trazidas pelo apocalipse.

Com poucos mantimentos, poucos recursos, sem comunicação, sem energia, sem conhecimento sobre o que está realmente acontecendo e com a maioria das estradas bloqueadas pelo governo, eles precisam se dividir em funções para sobreviver.

Diante dessas condições, a trama apresenta a idealização de um plano elaborado pelo líder do grupo, Vítor, que consiste em viver naquela região da serra com base na energia provinda das usinas eólicas, presentes na região.

O foco da trama se inicia a partir do momento em que Vítor consegue restabelecer a energia do local e resgata Christine, sobrevivente de um acidente de carro. Ele a leva desacordada para o sítio onde estão os demais sobreviventes. A trama passa a se desenrolar a partir do momento em que o passado desta sobrevivente se torna uma incógnita para o grupo.

Não somente a própria convivência e a falta de recursos é uma ameaça, como eles também precisam lutar contra os humanos que foram infectados por este vírus e vagam inconscientes pelas estradas e demais cidades portando uma espécie de raiva e fome demasiada por carne.

Saiba mais sobre os personagens em nosso site >>



Áthila Mattei
Diretor, roteirista e editor

Daniela Nagel
Direção de Maquiagem

Darlan Coan
Assistente de direção, produtor geral

Douglas Dias
Assistente de produção

Fernando Mazon
Trilha sonora

Jaison Niehues
TI, Marketing e criação

Nicola Patel
Assistente de direção, assistência jurídica


Facebook

Site Oficial

Orçamento

Somos muito responsáveis em relação a isso, iremos prestar contas e expor todos os nossos custos para vocês. Aqui está um levantamento geral dos custos.

Se conseguirmos mais dinheiro que o solicitado, iremos investir mais e mais de modo a proporcionar a você, espectador, a melhor experiência em diversão e entretenimento assistindo nosso seriado.

torrentads

cliqueparafazerodownload
By WordPress