Milhões de Mulheres Marchando contra a Endometriose

468x60
323123 21ff

Você tem ou conhece alguém que tenha endometriose? Esta é uma doença mais comum do que se pensa. Ela atinge 176 milhões de mulheres no mundo e, no Brasil, estima-se que mais de 6 milhões sejam portadoras desta doença crônica.

Gostaria de convidar vocês, no dia 13 de março de 2014, aproveitando que este é o mês de conscientização da doença, ocorre a manifestação Milhões de Mulheres Marchando contra a Endometriose, simultaneamente em mais de 53 países.

A líder nacional do evento no Brasil é a jornalista Caroline Salazar, portadora da doença e editora do blog “A Endometriose e Eu”, conhecido e reconhecido internacionalmente. “Desde 2010, luto pelo reconhecimento da doença como social no Brasil pelos nossos governantes. A marcha vem para consolidar o trabalho do A Endometriose e Eu, idealizado para espalhar a conscientização desta enigmática doença que atinge milhões de mulheres e meninas”, diz a jornalista.

E gostaria de contar com a participação de todos vocês. Mas, caso você não possa ir, por que não divulga a informação? Conte a seus amigos, principalmente as mulheres para que saibam o que está acontecendo, pode ser sua Mãe, Irmã, Prima, Tia, Vó, Amiga, Vizinha… Compartilhe a informação!

SOBRE A DOENÇA:

A endometriose é caracterizada pela presença de tecido semelhante ao endométrio fora do útero. O endométrio é o tecido que reveste o útero, sendo o tecido mais funcional, pois com estímulo hormonal do ovário, há o aumento de sua espessura e uma diferenciação para receber o embrião. Caso não ocorra a gravidez, o endométrio descama-se formando assim a menstruação, e, desta forma, vão ocorrendo os ciclos menstruais. Em vez de descer pela vagina na forma de menstruação, o endométrio reflui pelas trompas e instala-se em órgãos da cavidade pélvica e abdominal, causando inflamações e muitas dores nos ciclos menstruais. Em casos mais extremos, a doença também pode atingir órgãos distantes como diafragma, pulmões, cérebro, dentre outros. A doença é a responsável de cerca de 40% da infertilidade feminina.

No Brasil, a concentração principal será na Capital Federal, no gramado central em frente à Catedral Metropolitana e seguirá rumo ao Congresso Nacional, ocupando duas faixas do Eixo Monumental. Outras capitais como São Paulo, Salvador, Vitória, Campo Grande, Porto Alegre também participarão da manifestação.

Só pra deixar claro, a todos: EU VOU PARTICIPAR!
Eu vou estar em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, no horário programado até o fim da marcha!

Entrevista Dr Petta ao Discovery Home&Helth – Endometriose:

CONVITE, DE CAROLINE SALAZAR:

Elaborei uma mapa, para ajudar os interessados a participar da marcha em Porto Alegre a se localizar, pelo sistema do Google Maps, veja logo abaixo:

> MODELO NOVO MAPS: http://bit.ly/1ld2p3y
> MODELO ANTIGO MAPS: http://bit.ly/1oyg2uo
[Clique com o celular e verá o Maps, no celular]

} INÍCIO: HOSPITAL FÊMINA
} FIM: Parque Moinhos de Vento [PARCÃO]

>> HORÁRIO: 10h dar-se-á o início da Marcha. Seria interessante, ao menos, estarmos todos já as 9h preparados e organizados para a caminhada. O dia, é 13 de Março de 2014. Será numa Quinta-Feira.

Inclui algumas imagens, de prints, para ajudar a localização dos interessados. Partindo do Ponto ‘A’ para o Ponto ‘B’ no Mapa. O caminho é curto, mal chegará a 900 Metros.

IMAGEM 1 / IMAGEM 2 / IMAGEM 3 / IMAGEM 4

Flyers para Porto Alegre:

Fontes de texto:
aendometrioseeeu
universojatoba

torrentads

cliqueparafazerodownload
By WordPress