Como escolher um bom processador na hora de comprar um equipamento?

468x60
home2-core family-2013

Os processadores são o cérebro dos notebooks, sendo a principal fonte de desempenho do notebook, pois ele executa as tarefas do sistema operacional, enquanto a memória armazena os dados dos programas abertos no momento e o HD armazena todos os dados que podem ser acessados pelo sistema.

Sendo assim, a escolha do processador determina o uso a ser dado para o notebook, com uma escolha fraca, você determinará um uso simples para o notebook, e com uma escolha robusta, você estará determinado a obter um desempenho máximo, com agilidade e executando tarefas no menor tempo possível.



O mercado atualmente se distribui em duas linhas de processamento, aIntel® e a AMD®, ambas se destacando de sua forma, sendo que atualmente a tecnologia da Intel® trouxe parte do processamento gráfico para dentro dos processadores, ganhando um maior desempenho gráfico (isso em comparação a arquitetura antiga, onde se dividia processamento com o processador e gráficos com a placa de vídeo), enquanto a tecnologia AMD®levou o processamento para as placas gráficas, reduzindo a necessidade de desempenho dos processadores e elevando a capacidade (e a necessidade) de placas gráficas robustas, essa tecnologia se chama AMD® Vision™ e é utilizada nos computadores mais rápidos do mundo.

Processadores Intel®

A Intel® trabalha atualmente com 5 linhas principais de processadores em seus notebooks:

Intel® Celeron® – Nível mais simples de processamento
Intel® Pentium® – Nível normal de processamento
Intel® Core™ i3 – Nível melhor de processamento
Intel® Core™ i5 – Nível médio de processamento
Intel® Core™ i7 – Nível máximo de processamento

Obs: Os netbooks utilizam o Intel® Atom™, mas raramente são encontrados em notebooks.

Os processadores Intel® Celeron® e Intel® Pentium® são modelos recomendados para usuários básicos, aqueles que utilizam o notebook apenas para navegar na Internet, digitar textos e editar planilhas, processadores com um a dois núcleos de processamento.

processador Intel® Core™ i3 já possui uma capacidade média para jogos, indicado para usuários médios, aqueles que utilizam o computador para jogos já se sentirão confortáveis, são processadores com dois núcleos de processamento e capacidade para quatro tarefas simultâneas (2 tarefas para cada núcleo).

processador Intel® Core™ i5 é mais robusto, indicado também para usuários médios, aqueles que utilizam o computador para jogos com certeza se sentirão confortáveis, são processadores com dois núcleos de processamento e capacidade para quatro tarefas simultâneas (2 tarefas para cada núcleo) como o Intel® Core™ i3, mas possuem velocidades maiores, além de economia de energia, pois eles possuem uma velocidade normal, que utilizam nas tarefas comuns, economizando energia e uma velocidade turbo, que é utilizada quando necessário automaticamente, consumindo mais energia, mas aumentando seu desempenho.

processador Intel® Core™ i7 é o top de linha da Intel® atualmente, possui velocidades de processamento superiores aos modelos anteriores e é recomendado para usuários avançados, entenda que ele possui velocidades maiores quando possuem dois núcleos, mas em sua maioria das versões é encontrado nas versões com 4 núcleos, o que diminui a velocidade de cada núcleo, mas aumenta a velocidade máxima comparado a quantidade de núcleos a mais das outras versões, porém, só é efetiva em aplicações que utilizam multiprocessamento, como edição de vídeos e de fotos, não sendo tão útil em jogos por exemplo, imagine que em uma edição de vídeo, ele divida o vídeo em 4 partes iguais e divide cada uma delas para um processador, para que eles trabalhem individualmente, mas em um jogo por exemplo, isso é mais complicado.


Placa gráfica Intel®

Entenda que processamento é algo diferente de gráficos, se você precisa de um notebook para Autocad por exemplo, dê a preferência para notebooks com placas gráficas dedicadas, pois as placas gráficas dedicadas possuem processador próprio, memória própria e tecnologias próprias, o que visualmente indica que com uma placa de vídeo compartilhada, você verá uma linha diagonal serrilhada, enquanto que com a placa gráfica, esse traço é suavizado, na questão de jogos essa diferença não é perceptível e nem interfere, mas se você for criar um projeto de uma casa ou peça em Autocad, você sofrerá bastante visualmente.

Na questão de jogos com a placa gráfica compartilhada da Intel®, ela atende muito bem, quer dizer, eu recomendo para jogos como GTA IV, FIFA 12, Assassins Creed e etc, uma qualidade média com a segunda geração de processadores da Intel®, sendo que ele virá com a Intel® HD Graphics 3000 e você poderá ver vários gameplays de jogos com essa placa de vídeo, a terceira geração mais moderna acompanha a Intel® HD Graphics 4000, mas por enquanto ainda há poucos game plays, mas ela é melhor que a versão anterior, logo, se roda no modelo anterior, é garantido que rodará no novo modelo.


Reconhecendo as gerações dos processadores Intel® Core™

1ª Geração – Processadores com 3 dígitos
Ex: Intel® Core™ i3-380M – Placa gráfica Intel® Graphics Media Accelerator
2ª Geração – Processadores com 4 dígitos e começados pelo número “2”
Ex: Intel® Core™ i3-2350M – Placa gráfica Intel® HD Graphics 3000
3ª Geração – Processadores com 4 dígitos e começados pelo número “3”
Ex: Intel® Core™ i3-3210M – Placa gráfica Intel® HD Graphics 4000


Reconhecendo o tipo de processador

A letra final costuma indicar o tipo de processador do notebook

Processadores de Desktops
Não costumam ter letras no final dos números de identificação
Ex: Intel® Core™ i3-2130

Processadores de Notebooks
Possuem a letra M no final (Indicando Mobile)
Ex: Intel® Core™ i3-3210M

Processadores de Ultrabooks
Possuem a letra U no final, costumam ser menos potentes por consumirem menos energia
Ex: Intel® Core™ i3-3217U


Processadores AMD®

A AMD® trabalha atualmente com 3 linhas principais de processadores em seus notebooks:

AMD® C-Series – Nível simples de processamento
AMD® E-Series – Nível normal de processamento
AMD® A-Series – Nível máximo de processamento

Obs: Apesar do baixo clock (velocidade de processamento), eles trabalham com a inovadora tecnologia AMD® Vision™ que utiliza os núcleos gráficos da placa de vídeo para o uso em seu processamento, com o mínimo de 80 núcleos extras.

Os processadores AMD® C-Series são modelos recomendados para usuários básicos, aqueles que utilizam o notebook apenas para navegar na Internet, digitar textos e editar planilhas, processadores dois núcleos de processamento, são capazes de rodar jogos, mas recomenda-se uma memória de pelo menos 4 GB, pois seus modelos são comumente encontrados com 2 GB.

Os processadores AMD® E-Series são modelos recomendados para usuários médios, seu desempenho também não é tão diferente da série anterior, mas possuem maiores velocidades e qualidade gráficas, mas novamente recomenda-se uma memória de pelo menos 4 GB, pois seus modelos são comumente encontrados com 2 GB.

Os processadores AMD® A-Series são modelos recomendados para usuários avançados, seu desempenho é bem variado, pois você encontrará vários níveis de desempenho, divididos em modelos A4, A6, A8 e A10, mas são os mais indicados para jogos e as tarefas mais avançadas como AutoCad e etc, dando preferência aos números altos, como o A8 para AutoCad.


Desempenho AMD® Vision™

AMD® C-Series – Dual-core mais 80 núcleos gráficos AMD® Radeon™
AMD® E-Series – Dual-core mais 80 núcleos gráficos AMD® Radeon™
AMD® A4-Series – Dual-core mais 160 núcleos gráficos AMD® Radeon™
AMD® A6-Series – Quad-core mais 320 núcleos gráficos AMD® Radeon™
AMD® A8-Series – Quad-core mais 400 núcleos gráficos AMD® Radeon™
AMD® A10-Series – Quad-core de alto desempenho mais 400 núcleos gráficos AMD® Radeon™

Com essas informações você será capaz de ter o conhecimento exato para aescolha do melhor processador para seu próprio uso!

Via, aberturatecnologica

torrentads

cliqueparafazerodownload
By WordPress